Formação para Barista

Carga horária: 3 dias - 18 horas (das 10h00h às 16h00)

Conhecimentos específicos e profundos da planta à xícara, execução e degustação de todos os métodos de preparo de café, além do ‘espresso’, degustação de diferentes qualidades de cafés, pontos de torra, preparo de bebidas com leite como cappuccinos, lattes e bebidas clássicas a base de café.

Público alvo: Futuros profissionais, profissionais e/ou empresários da área de cafeterias, restaurantes, hotéis, etc.

Programação:

1.História do café
2.Café no mundo
3.Espécies de Cafés (arábica e canephora)
4.Introdução aos processos de; lavoura, pós-colheita, secagem, beneficiamento, torra e blend
5.Avalição e testes com diferentes tipos de café; categorias de qualidade e pontos de torra
6.Métodos de preparo do Café (qualidade da água, diversos métodos de extração)
7.Preparo do ‘espresso’ nas máquinas profissionais, variações do ‘espresso’, acompanhamento da moagem, compactação, extração e qualidade da bebida
8.Vaporização e diferentes tipos de leite
9.Preparo de bebidas com leite Clássicas e com leite
10.Processo de limpeza e cuidados com os equipamentos

Número máximo de participantes: 8

Investimento: R$810,00 - Desconto de 7% no pagamento à vista ou Parcelado em até 3x no crédito - para essa opção necessário depósito de 20% do valor do curso na inscrição para garantir a vaga. O Centro de Preparação de Café - CPC não fará reembolso do valor pago pelo curso quando houver desistência por parte do interessado. O aluno poderá utilizar o crédito para uma próxima turma se informar sobre sua desistência com 48 horas de antecedência da data programada para o início do curso. O CPC se reserva o direito de adiar ou cancelar cursos em função de alteração de agenda, limite de vagas e número mínimo de alunos por turma. Nesse caso é realizado o reembolso.

Instrutor: Rafael Godoy, coordenador e instrutor do CPC do Sindicafé-SP. É barista desde 2006. Foi barista campeão nacional e regional em 2012, representado o Brasil no Campeonato Mundial de Baristas em Viena, no mesmo ano. Foi membro do comitê que regulamentou a profissão barista em 2012, na classificação ocupacional brasileiras de ocupações (CBO).


DATAS DISPONÍVEIS: