Cafés Verdes e Torrados - Classificação, Avaliação e Qualidade [ MÓDULO COMPLETO ]

Carga horária: 5 dias

O Curso é voltado para a avaliação da qualidade de cafés verdes e torrados, padrões mínimos de qualidade e avaliação da bebida do café conforme descrito na Secretaria da Agricultura e no Programa de Qualidade de Café da ABIC.
A metodologia utilizada inclui aulas teóricas expositivas e aulas práticas.
O Curso é baseado na legislação vigente Brasileira quanto a Classificação de Café e também nos conceitos Internacionais de Comercialização.

Público alvo: Indicado para profissionais que desejam aprender a avaliar e classificar a qualidade do café.

Programação:

1. Introdução do Sistema de Classificação e Degustação Brasileira;
2. Comparação dos diferentes sistemas de classificação do mundo;
3. Estudo dos defeitos intrínsecos e extrínsecos do café;
4. Classificação física de café verde;
5. Classificação sensorial do café baseado no COB;
6. Estudo dos perfis sensoriais do Brasil;
7. Mercado de Commodities x mercado de Cafés especiais;
8. Mercado de café robusta
9. Noções de análise sensorial
10. Testes sensoriais para cafés torrados
11. Categorias de cafés e características (Tradicional, Superior e Gourmet)
12. Metodologia de avaliação de cafés torrados (ABIC e SAA)

Número máximo de participantes: 10

Investimento: R$ 2015,00 - Desconto de 7% no pagamento à vista ou Parcelado em até 3x no crédito - para essa opção necessário depósito de 20% do valor do curso na inscrição para garantir a vaga. O Centro de Preparação de Café - CPC não fará reembolso do valor pago pelo curso quando houver desistência por parte do interessado. O aluno poderá utilizar o crédito para uma próxima turma se informar sobre sua desistência com 48 horas de antecedência da data programada para o início do curso. O CPC se reserva o direito de adiar ou cancelar cursos em função de alteração de agenda, limite de vagas e número mínimo de alunos por turma. Nesse caso é realizado o reembolso.

Instrutor: Camila Arcanjo
Mestranda em Alimentos e Nutrição na área de Análise Sensorial e graduada em Química, ambas pela UNICAMP. Mais de 15 anos de experiência em análise sensorial, fez parte da equipe do ITAL por 11 anos, atualmente é coordenadora GAC (Grupo de Avaliação de Café) do Sindicafé-SP. Tem experiência na área de Ciência e Tecnologia de Alimentos, com ênfase em Análise Sensorial.


DATAS DISPONÍVEIS: